A passagem que deveria ter rasgado

Acho que o relógio parou. Sim, parou. Congelou como o clima. Mas os termômetros marcam 32 graus. O frio congela dentro de mim mesma. O trem anda de costas e eu não consigo mais saber para onde estou indo, meu destino final, nem quando chegarei lá. Logo esse percurso, que já fiz tantas vezes, por que me assusta agora? Não sei se é o tempo congelado, ou o frio que sinto. Não estou com febre, sei disso. De alguma maneira vem uma sede de algum lugar e minha lingua, seca, salta para fora da boca. Procuro a garrafa de água, que agora ficou quente com a verdadeira temperatura que os termômetros marcam. Por que estou tão assustada? Já sei o que vou encontrar. Alguém estará esperando por mim? Acho que esse é o medo, afinal. De ficar sozinha. Sentir-se sozinha. Ver-me sozinha. Logo a solidão, que naqueles textos melancólicos eu dizia ser minha melhor amiga. Quanta hipocrisia já escrevi! Não quero me ver sozinha. Minhas pernas tremem, e a sede aumenta ao ver o solo seco pela janela do trem. Vai de costas, e o mundo parece dar voltas. Odeio isso, não ver para onde estou indo, como se estivesse enxergando apenas o passado. Ainda sinto frio. Mas o vento do ar condicionado é seco. Deveria ter escolhido um vagão melhor. Não há ninguém sentado ao meu lado, mas consigo ouvir na frente o choro da criança que quer mamar no colo da mãe. Eu deveria ter tido filhos. Não me sentiria tão só. Mas tempo, tempo, não tenho tempo! Para que serve meu tempo, então? Nem sei mais responder. Ou estou perdida, ou quero casar mas tenho medo, é o que dizem. Não sabem nada. Não sabem que meu relógio congelou, que sinto frio no calor e que vou de costas para um destino que já me esqueci e tenho medo de descobrir. Talvez seja a loucura. Ou talvez seja o solo seco que avisto pela janela, me engolindo, enquanto o sol queima meus olhos. Estou cega! O tempo parou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s