silêncio

choro.
choro seco e ameno
feito a primavera de setembro.

e quando acalmo-me
é a distração aguda que brota
como o pão na mesa de café.

tremo.
um tremor inquilino, estúpido,
melancólico,
mas que logo se desfaz em lembrança
(ou frustração).

lembro-me.
do natal, ou do hospital,
ao ver mais um
que partilharia do meu sangue
vir à terra.

(paro de escrever,
os grilos vibram em algum lugar)

não chamo de escuridão,
chamo de saudade,
ou toda esse palavreado
de quem tenta achar consolação
em um alicerce qualquer.

as bochechas,
estas já estão secas,
salgadas como o mar,
que abriga um cruzeiro
com passageiros ausentes.

chore, mãe,
chore, tio,
chore pai.

a saudade gerou realidade
e gera nascimento,
se por mais um segundo, um ano ou dez,
ainda viveremos.

não com ela,
mas por ela,
que hoje é lua
em um céu sem nuvens.

(Hoje completo 16 anos. Hoje também faz um mês que perdi minha prima devido a complicações em uma cirurgia. A conformação ainda não chegou, nem sei quando chegará. Meio clichê, mas só o tempo diz. 16 anos atrás eu nascia e minha prima também tinha 16 anos. Ela acabava de voltar de uma temporada no Canadá. Não sei o que estarei fazendo daqui a 16 anos. Não sei se o filho da minha prima estará assistindo ao nascimento do meu filho, não sei se estarei fazendo o que gosto e amando quem merece ser amado. Não consigo projetar a vida para daqui a 16 anos, como acho que ela não projetou para apenas 32. Não tenho religião e não sei o que esperar após a morte, só sei que chegará. Não sei quando, como ou onde. Aprendi que não devo pensar em daqui a 16 anos, nem 50 ou 1. Também não pensarei no dia de ontem, ou no ano passado. Vivo hoje, e espero que assim todos consigam viver.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s