Das Negativas

yelena bryksenkova

Das minhas lentes,
percebo que o mundo anda mais pesado,
denso,
nublado.

Choramos inquietos:
ponho um pé no chão e no próximo minuto
já não sei onde estou.
Viramos inconstâncias, indecisões.
Colocamos junto aos dias os prefixos negativos.
Somando as negativas,
encontrei a maldita equação.
Sou incógnita.

E reclamam de nós.
“Há demasiado peso em tudo,
em todos”.
Paremos então de dar ouvidos.
Percebe que somando as inconstâncias,
as dúvidas,
as mentiras,
achamos algo em que acreditar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s